quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Jardim Botânico de Porto Alegre com novidades para 2012





Em 2012 o ano já começa mais ecológico para a equipe e também para os frequentadores do Jardim Botânico de Porto Alegre. Dentre as mudanças, destacam-se as seguintes: serão menos veículos, mais bicicletas e fumo zero. Que legal! Adorei esta iniciativa... um local de preservação e estudo do meio ambiente tem que dar exemplo mesmo. Parabéns! Torço para que todos se enquadrem as normas.





MENOS CARROS ; MAIS BICICLETAS -; FUMO ZERO






E as mudanças não param por aí... o valor da entrada também será reajustado, pois, desde o ano de 2003 não havia nenhum reajuste. Mas, não se preocupem, para os frequentadores assíduos tem um baita desconto aguardando.




Vocês podem conferir estas e outras novidades no blog da FZB: http://zoobotanica.blogspot.com/2011/12/jardim-botanico-tera-menos-veiculos.html



terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Curso Fotografia da Natureza

Então pessoa, estou muito feliz, pois... irei fazer esse curso. Ganhei uma bolsa da Unisinos. E gostaria de convidá-los.


O curso Fotografia de Natureza tem o objetivo de preencher uma lacuna existente na formação de fotógrafos e profissionais de meio ambiente relacionado com a documentação através de imagens da natureza utilizando a fotografia. Para isso, estabelece-se uma interface dos alunos com o ambiente a ser visitado utilizando a linguagem fotográfica como elo. Assim, conceitos de fotografia e de biologia são abordados com o intuito de promover e desenvolver a qualidade das imagens de natureza obtidas pelos alunos.


Objetivos

Desenvolver através da aplicação de técnicas e exercícios específicos a percepção, a observação e o registro de imagens fotográficas em ambientes naturais. Oferecer conceitos artísticos de composição juntamente com aspectos técnicos de fotografia (equipamentos, tipos de luz, relação abertura do diafragma e velocidade). Análise e desenvolvimento do olhar crítico sobre o material produzido na saída de campo através de discussão em aula. Oferecer conhecimento sobre aspectos biológicos do ambiente a ser visitado, como a fauna, a flora e assuntos específicos do seu ecossistema.


Carga Horária: 16 horas

Dias das Aulas: Sábados, das 8h30 às 12h30.
Período: 05/05/2012 a 26/05/2012

Certificado: Será fornecido a todos os que tiverem, no mínimo, 75% de frequência
Local/Sala: 3A421 - Ciências da Comunicação.


Pré-requisitos: Possuir máquina fotográfica de qualquer tipo.

Promoção: Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Unidade Acadêmica de Educação Continuada

Gerência de Cursos de Extensão


Combate ao câncer





A universidade de Otawa (http://www.uottawa.ca/), no Canadá, conta que o tratamento ao câncer pode receber, em breve, novo aliado: um vírus, o JX-594, modificado a partir da vacina contra a varíola. Observou-se que ele é capaz de destruir células doentes, sem que o tecido sadio seja atingido. Doses aplicadas em portadores de diferentes tipos de câncer interromperam o crescimento de tumores. A expectativa é que a descoberta seja especialmente eficaz no que diz respeito aos cânceres de difícil tratamento, pois o medicamento é capaz de atingir o tumor, por meio da corrente sanguínea, mesmo quando ele já se espalhou por todo o corpo.


Que legal!

Solução para Calvície

Um experimento fez o pelo de rato crescer em laboratório.


Um fantasma para muitos homens, a calvície é um problema que se tornou pesquisa. A Universidade de Yale - Connecticut - EUA (www.yale.edu) percebeu que células da pele, ricas em gordura, podem funcionar como fonte de substâncias que ajudam o cabelo a crescer. O experimento, publicado na revista científica Cell (www.cell.com), foi feito com camundongos, nos quais foi injetada um tipo de célula gorda que estimulou o crescimento dos pelos. Acredita-se que as células-tronco do cabelo são controladas por esse tipo de gordura. Os cientistas têm esperança de que esse seja um caminho para reverter a calvície, também em seres humanos.


Então pessoal, li esta reportagem e gostei... acho que pode ser um bom caminho pra quem procura material para estudo e trabalho de pesquisa.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Workshop de Fotografia - Ranch Wedding




Revisão da Lista de Espécies Ameaçadas no RS




A Fundação Zoobotânica juntamente com a Procergs buscam agilizar a criação do sistema que será usado na revisão da lista de animais ameaçados.


O diretor da Companhia de Processamento de Dados do RS (Procergs), Carlson Aquistapasse, esteve reunido com a presidente da Fundação Zoobotânica do RS, Arlete Pasqualetto e com a diretora do Museu de Ciências Naturais (MCN), Simone Mirapalhete.


O encontro ocorreu para agilizar o desenvolvimento do sistema que será usado na Revisão da Lista das Espécies da Flora Ameaçadas de Extinção no Rio Grande do Sul. O estudo é desenvolvido por uma comissão de pesquisadores, onde estão representados o MCN/FZB, a Universidade de Pelotas, a UFGRS e a PUCRS.

Além do presidente da Procergs apresentar a adequação e demonstração de modelagem do sistema, entregou um cronograma de execução. Aquistapasse aproveitou a visita para conhecer as instalações e salas de exposição do MCN e também caminhou pelo Jardim Botânico.



quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Emprego para Gestor Ambiental

-Biólogo, Engenheiro ambiental ou Agrônomo - Porto Alegre/RS

Dados da Vaga

Gestor Ambiental
-Ensino superior completo em engenharia ambiental, engenharia agronômica ou biologia.

Responsabilidades:
-Realizar vistoria do local. Descrever sucintamente o projeto e justificativa da solicitação. Descrever os dispositivos legais e os aspectos ambientais da área em estudo.
-Executar e supervisionar os projetos da sua área de atuação, orientando os profissionais envolvidos. Compor os escopos quantitativos dos orçamentos da sua área de atuação, no sistema gerencial de serviços;
-Conhecer e garantir a prevalência das Normas de Regularização interna, gerais e especifícas, demarcação do vegetal em levantamento planialtimétrico ou planta topográfica, em escala que permita a localização precisa do vegetal no terreno e etc...

Mais informações: www.agrobase.com.br/oportunidades/2011/11/emprego-gestor-ambiental-porto-alegre-rs-2/

Vagas - Técnico em Química ou Meio Ambiente

Para a cidade de Viamão/RS

Dados da Vaga de Emprego

*Profissional em Ensino Técnico completo;
*Analisar a água bruta e tratada utilizadas no processo de produção de cervejas e refrigerantes, contribuindo para a maximização da qualidade do produto final;
*Realizar análises de produtos relacionados direta ou indiretamente com a produção de cervejas e refrigerantes, tais como: CO, soluções, anticorrosivos, detergentes, desinfetantes e etc;
*Efetuar as análises físicas em rolhas, garrafas, garrafeiras, rótulos e etc;
*Efetuar análises de acompanhamento do tratamento do despejo industrial;
*Efetuar a aferição dos instrumentos utilizados na produção (Termômetros, sacarômetros), etc, contribuindo para maximização da confiabilidade metrológica dos produtos acabados;
*Realizar análises de águas de caldeiras e de refrigeração;
*Responsabilizar-se pela fatoração das soluções utilizadas nas análises;
*Participar de reuniões de Produtividade o Programa de Qualidade.

Salário: R$1.300,00 à R$1.319,00 Bruto
Benefícios: Assistência média, Assistência Odontológica, Auxílio Farmácia, Participação nos lucros, Refeição no local, Veículo de empresa
Regime de contratação: CLT
Horário: Período integral
Local: Viamão (2 vagas)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Extinção em Massa



O tigre está entre os animais ameaçados de extinção.










Extima-se que cerca de 4 bilhões de espécies tenham vivido na terra. Desse total que evoluiu no planeta nos últimos 3,5 bilhões de anos, nada menos do que 99% deixaram de existir.


O número pode impressionar, mas, não envolve nada anormal e demonstra como a extinção de espécies é algo comum e equilibrado pela própria especiação, o processo evolutivo pelo qual as espécies se formam. Eventualmente, este balanço deixa de existir quando as taxas de extinção se elevam. Em alguns momentos, cinco para ser exato, as taxas são tão altas que o episódio se caracteriza como extinção em massa.


Após as extinções em massa nos períodos Ordoviciano, Devoniano, Permiano, Triássico e Cretáceo - quando os dinossauros, entre outros, foram extintos -, cientistas apontam que a terra pode estar se aproximando de um novo episódio do tipo.


Em artigo publicado na Revista Nature, um grupo de cientistas de instituições dos Estados Unidos levanta a questão de uma eventual sexta edição em massa. O artigo tem entre seus autores o brasileiro Tiago Quental, que durante a produção do estudo estava no Museu de Paleontologia da Universidade da Califórnia e desde fevereiro é o professor doutor do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo.


"Paleontólogos caracterizam como extinções em massa os episódios em que a terra perde mais de três quartos de suas espécies em um intervalo geológico curto, como ocorreu apenas cinco vezes nos últimos 540 milhões de anos. Biólogos agora sugerem que uma sexta extinção em massa pode estar ocorrendo, por conta das perdas de espécies conhecidas nos últimos séculos e milênios", disseram os autores.


O estudo analisou como as diferenças entre dados modernos e obtidos a partir de fósseis e a influência de novas informações paleontológicas influenciam o conhecimento a respeito da crise de extinção atual.


"Os resultados confirmam que as taxas de extinção atuais são mais elevadas do que se esperaria a partir (da análise) dos registros fósseis, destacando a importância de medidas efetivas de conservação", afirmaram. Como exemplo, citam que, nos últimos 500 anos, das 5,5 mil espécies de mamíferos conhecidas pelo menos 80 deixaram de existir.


"Se olharmos para os animais em perigo crítico de extinção - aqueles em que o risco de extinção é de pelo menos 50% em três gerações ou menos - e assumirmos que seu tempo acabará e que eles sumirão em mil anos, por exemplo, isso nos coloca claramente fora do que poderíamos considerar como normal e nos alerta que estamos nos movendo para o domínio da extinção em massa", disse Anthony Barnosky, curador do Museu de Paleontologia e professorda Universidade da Califórnia em Berkeley, principal autor do estudo.


"Se as espécies atualmente ameaçadas - aquelas classificadas oficialmente como em risco crítico, em risco ou vulneráveis - realmente se extinguirem, e se esta taxa de extinção continuar, a sexta extinção em massa poderá chegar tão cedo quanto de três a 22 séculos", disse.


Entretanto, segundo os autores do estudo, não é tarde demais para salvar muitas das espécies em risco de modo a que o mundo não ultrapasse o ponto de retorno rumo à nova extinção em massa.


"Ainda temos muita biota da Terra para salvar. É muito importante que direcionemos recursos e legislação para a conservação de espécies se não quisermos nos tornar a espécie cuja atividade causou uma extinção em massa", afirmou.


Agência Fapesp

Tragédias Naturais



Olá pessoal, o título é um tanto quanto forte, mas, diz respeito ao texto que irei postar. Estamos chegando perto do aniversário da tragédia que aconteceu em janeiro desse ano em Teresópolis no Rio de Janeiro e várias perguntas ainda ficam no ar. As pessoas que perderam suas casas, continuam sem casas e eu diria que sem perspectivas também, já que as soluções apresentadas ainda não foram concluídas. Atentem para esse texto que aborda esse e outros problemas de ordem ambiental. Boa leitura.

_______________


Ambientalista diz que tragédia é resultado do desrespeito à Mata Atlântica


Tragédias como a que ocorreu nas cidades serranas do RJ são na mais que o resultado do processo de ocupação da Mata Atlântica. A afirmação é da escritora e ambientalista Anne Raquel Sampaio, que mora no Parque do Imbuí, um dos bairros mais afetados pela catástrofe em Teresópolis. "Nós não estamos aqui simplesmente sobre o solo de Teresópolis, e sim sobre o solo da Mata Atlântica, um bioma que precisa ser mais respeitado", diz a escritora.


Como muitos cariocas, ela se mudou há 25 anos para a cidade serrana fugindo da violência urbana do Rio e em busca de paz e de contato com o verde. "Na época, o clima era mais frio e a cidade tinha menos favelas e menos gente". Com o passar dos anos, além da favelização, houve uma ocupação maior das margens dos rios, com uma grande devastação da mata ciliar. Anne Raquel, que faz pesquisas sobre a água, alerta para o problema da falta de esgotos na cidade. "Como a maior parte das cidades brasileiras, Teresópolis foi construída às margens de um rio, o Paquequer, hoje um grande esgoto atravessando a cidade. Esse rio às vezes fede, mas, a população faz de conta que esse fedor não existe."


Segundo a ambientalista, a tragédia atual mostra que o risco da ocupação irregular é o mesmo para ricos e pobres, já que condomínios de alto luxo e de classe média também foram igualmente atingidos. Ela chama a atenção para o fato de que a propaganda imobiliária desses condomínios não corresponde à realidade. "Você não pode construir uma mansão sobre uma encosta que é linda e dizer que aquilo ali é ecológico só porque algumas árvores foram preservadas. Na verdade, aquela área não deveria ser ocupada, nem por mansão, nem por ninguém. As pessoas que constroem essas casas sonham com um mundo melhor para elas, mas, não param pra analisar que esse mundo melhor precisa, antes de tudo, que a gente respeite a natureza". É preciso reconstruir a cidade, partindo do princípio de que ela está sob o sólo da Mata Atlântica, que tem características próprias e é responsável pelo abastecimento de água de mais de 80% da população brasileira, diz a ambientalista. "A água precisa caminhar, chegar ao mar. Se a gente constrói em cima do caminho da água, ela vai achar esse caminho de uma forma ou de outra".


Emocionada com a tragédia que presenciou, Anne Raquel acha que a solução não pode ser apenas técnica: "a questão ambiental só vai ser resolvida quando a gente olhar tudo isso com o coração, pensar em como impedir que as crianças morram porque usamos os recursos públicos para tudo, menos para cuidar da natureza".


Autora de seis livros infanto-juvenis baseados em mitos indígenas e focados na temática ambiental, Anne Raquel concluiu a obra mais recente justamente no dia da tragédia. "Na história Os filhos da Senhora das Águas, Iara está ficando cega e pede ajuda para enfrentar uma grande tempestade. O tragicômico é que assim que eu acabei de escrever o livro aconteceu esse desastre horrível". (Fonte: Paulo Virgílio / Agência Brasil).

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Série - Animais e suas curiosidades 1ª parte

Olá pessoal, vou começar a postar sobre alguns animais e suas curiosidades. De preferência animais esquisitos e diferentes. Hoje começo com o:




Bode das montanhas ou mountain goat.


O bode (Capra aegagrus hircus) é uma sub-espécie domesticada de cabra selvagem. Trata-se de um mamífero macho adulto. Sua alimentação é herbívora ruminante considerado ainda como cavicórneos, ou seja, caracterizados pela presença de chifres ocos formados sobre eixos ósseos no crânio, observados nos dois seixos. São animais artiodáctilos, pois, fazem parte de uma ordem de mamíferos ungulados com um único par de dedos nas patas. Eles emitem um som conhecido como "balido" (o famoso bééé). Ambos os sexos possuem barba e chifres.



O ambiente preferido dos bodes são as montanhas, principalmente em se tratando de clima temperado. Eles possuem pulmões desenvolvidos para enfrentar as altas altitudes e pelos apropriados para se protegerem do frio, além do mais, dificilmente encontrarão seus predadores pela frente.











Descrição: Capra aegagrus hircus - cabra doméstica de Hausziege. Raça: Rove-Ziege
Detalhe: Que chifres diferentes... parecem folhas de mangueira secas. Lindinho ele né?
Autor da foto: Dirk Beyer

A foto foi tirada nas montanhas acima de Gorges du Verdon, Província do Sul da França.








_______________________________



Olha como se arriscam!!!






Está é a Cabra das rochosas (Espécie - Oreamnos americanus) é um capríneo norte - americano, distribuído pelas montanhas rochosas no Canadá e Estados Unidos.
Fonte: Wikipédia
Foto: Kris247
É muito lindo né?! Esse é o meu preferido, parece tão fofo.
_____________________________________









Íbex (Capra ibex), vive em estado selvagem na Europa. Habita as regiões montanhosas dos Alpes. Seus cornos (chifres) são muito longos podem medir até 1m. Quase foi extindo no início do século XIX, contou até com uma ajudinha do rei Vítor Emanuel II da Itália, que colocou os últimos exemplares sob sua proteção pessoal. Hoje já não é mais considerado ameaçado.
As fêmeas são menores do que os machos e não possuem cornos, além de viverem separados. Eles só se encontram na época de reprodução.
Fonte: Wikipédia
_____________________________________________




Argali




Para quem não conhece este é o Argali ou carneiro-da-montanha (Ovis ammon). É uma das ovelhas selvagens mais ameaçadas de extinção. Em minha pesquisa de imagens pela internet, a maioria das fotos que encontrei tinha algum caçador do lado exibindo seu prêmio. Vários argalis mortos. Inclusive em alguns lugares existe a caça desses bichos por competição.



É a maior ovelha selvagem conhecida, a espécie argali de Pamir ou ovelha de Marco Polo pode chegar até a 1,83cm, acredita? Bem.. basta ver a foto né. Seus chifres podem medir até 190 centímetros em comprimento. As fêmeas também possuem chifre, só que muito menores.



Pode ser encontrado nas montanhas de Pamir, na região fronteiriça entre a China, Afeganistão, Paquistão e Tadjiquistão. Algumas áreas protegidas onde a espécie ocorre, incluem Parque Nacional de Khunjerab, Parque Nacional do Karakoram Central no norte do Paquistão e a Reserva Natural de Taxkongau no sudoeste da China.
Fonte: Wikipédia

___________________________________




Boi Almiscarado









Boi - Almiscarado (Ovibos moschatus), é um bovídeo caprino. Parece um boi mesmo... aliás, me lembrou muito do mamute, mas, é um bode.. ! Ele pode alcançar até 2,3m de comprimento e 1,5m de altura nos ombros e chegar até 400kg. Ambos os sexos possuem chifres curvados.



Curiosidade: Sabe porque o nome é "almiscarado"? É porque os machos tem um cheiro característico de Almíscar.



Acredita-se que o seu antepassado tenha migrado à America do Norte entre 200.000 anos e 90.000 anos atrás. Concorda-se entretanto, que ele já existia no período Pleistoceno o que aproxima-o do Mamute. Viu? Eu estava no caminho certo. Acredita-se que ele podia sobreviver a última idade de gelo (Glaciação de Wisconsin). Moveu-se gradualmente chegando até a Gronelândia durante o Holoceno.



Hoje ele é nativo das regiões árticas do Canadá, de Gronelândia e do Alaska. Essa espécie também foi reintroduzida da Ilha de Banks ao norte da Europa, incluindo Suécia, região do Drove na Noruega, Rússia e Ilha de Ellesmere no Canadá Oriental, província de Quebec.






Em breve coloco a 2ª parte.


terça-feira, 25 de outubro de 2011

Camiseta para biólogos, ecologistas... enfim, para quem ama o verde.

R$ 25,00


Olá pessoal,


Então, estou contando em primeira mão pra vocês, vou começar a vender através do blog e outros meios, camisetas em serigrafia para amantes do verde... serão vários modelos. Ainda não fechei o preço final, mas, acredito que ficarei por essa faixa de preço R$25,00. Também penso em fazer uma parceria com alguns órgãos voltados a manutenção do MEIO AMBIENTE para doar uma porcentagem de cada venda. Quero encontrar camisetas de materiais reciclados como fibras de garrafa pet por exemplo. Taí o primeiro modelo em homenagem aos meus colegas.


Beijos, fiquem atentos.




sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sequência de Seminários Arthropoda na UFRGS



Olá pessoal,



Abaixo segue a lista dos próximos seminários na UFRGS que acontecem 1 vez por semana. Departamento de Zoologia XXXVI Seminário sobre Arthropoda - 2011/2. Local: Dep.Zoologia - Campus do Vale, Prédio 43435, sala 110. Horário: Quintas-feiras, 13:00 - 14:00.

Comissão organizadora: Filipe M. Bianchi, Kelly M. Gomes, Kim R. Barão.


27/10 - Influência da posição de pequenos tributários dentro da bacia hidrográfica sobre a comunidade de insetos aquáticos - Por Silvia Milesi PPG Ecologia UFRGS;

03/11 - Adaptações metabólicas à hipóxia - Por Daiana Castiglioni PPG Zoologia PUCRS;

10/11 - Crustáceos hospedeiros: seus platielmintos simbiontes, sua importância nos ciclos dos parasitos e alterações de comportamento causadas por parasitos - Por Samantha A. Seixas PPG Biologia Animal UFRGS;

17/11 - Alometria Ontogenética e efeito quantitativo da dieta no crescimento das larvas de Gratiana spadicea (Coleoptera: Chrysomelidae) - Por Bruna C. M. Ramos Ciências Biológicas PUCRS;

24/11 - As teorias da Evolução e Placas Tectônicas têm origem na Biogeografia? - Por Gervásio S. Carvalho Faculdade de Biociências PUCRS.

Se você quiser apresentar seu trabalho no próximo Seminários sobre Arthropoda, entre em contato: seminarios.arthropoda@gmail.com

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

XXIº Congresso Nacional de Criminalística em 2011

Data: De 30 de outubro a 4 de novembro/2011
Local: Hotel Serrano Resort Convenções & SPA
Cidade: Gramado/RS
Site: http://www.xxicnc.com.br/

A associação de criminalística do Rio Grande do Sul (ACRIGS) confirmou a realização do 21º Congresso Brasileiro de Criminalística, 4º Congresso Internacional de Perícia Criminal e 21º Exposição de Tecnologias aplicadas à Criminalística.

O diretor geral do IGP, Áureo Luiz Figueiredo Martins, esteve reunido com o presidente da entidade, Décio Moura Mallmith, o vice-presidente Leandro de Bem e Córdova e o tesoureiro, Álvaro Ferrary Rocha de Bittencourt, a fim de estabelecerem os planos para organização do evento.

Participem.

10ª Mostra de Produção Universitária - Ciência, Tecnologia e compromisso social


Quando: De 24 a 28 de outubro de 2011

Local: CIDEC-SUL e Prédio 4 Campus Carreiros da FURG - Rio Grande/RS

6ª Edição do curso "Biologia da Conservação" - 6th Conservation Biology






Quando? 22 e 23 de outubro de 2011

Horário: Das 8h às 18h

Local: Centro de Eventos Villa Fiorita, em Canela/RS


Organizado por: INEDE Brasil, Instituto Pampa Brasil, Media Comunicação e demais apoiadores.




O valor da inscrição inclui material completo com CD-ROM, certificado e a hospedagem na pousada Villa Fiorita em Canela/RS durante dois dias do curso.


Vagas limitadas.

Caixa Econômica Federal seleciona projetos de Desenvolvimento Sustentável

Através do Fundo Socioambiental Caixa (FSA CAIXA) as inscrições estão abertas para seleção de projetos com o tema Desenvolvimento Local Sustentável.


Os projetos selecionados receberão até R$120 mil cada um e deverão ser desenvolvidos no prazo de 24 meses. Podem se inscrever entidades civis sem fins lucrativos, de interesse público, com caráter socioambiental. A inscrição é GRATUITA e deve ser realizada no período de 28/09 a 21/10/2011.


Os projetos devem ter foco na geração de trabalho e renda, cujo objetivo é mobilizar recursos para assegurar e melhorar a renda de jovens, mulheres e homens que vivem em situação de vulnerabilidade socioambiental, bem como criar melhores condições e oportunidades de trabalho para essas pessoas.


Serão priorizados projetos de empreendedorismo, associativismo e combate a violência e exploração sexual de adolescentes, jovens, mulheres e homens.


O regulamento está disponível em http://www.caixa.gov.br

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Oficinas de Fauna e da Flora do RS




As oficinas serão promovidas pelo Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. Segue a programação e o valor de cada oficina abaixo:

PROGRAMAÇÃO:

*Oficina "Introdução à Paleontologia" - Valor R$25,00 - Dias: 20 e 21/10 - Horário: Manhã e Tarde;

*Oficina "Observando as Folhas" - Valor R$10,00 - Dia: 24/10 - Horário: Manhã

*Oficina "Algas e Qualidade Ambiental" - Valor R$20,00 - Dias: 24/10 e 25/10 - Horário: no dia 24 será durante a tarde e dia 25 o dia todo;

*Oficina "Introdução à Liquenologia" - Valor: R$15,00 - Dia: 31/10 - Horário: o dia todo.




Todas as oficinas oferecem material didático e certificado. VAGAS LIMITADAS


Horário Padrão: Manhã: das 8h30min às 12h30min e Tarde: das 13h30min às 17h30min.

Inscrições e Informações: (51) 3320-2032 ou pelo e-mail: museamb@fzb.rs.gov.br


Para se inscrever você precisa:
-Fazer um depósito identificado em nome da Fundação Zoobotânica do RS no Banco: Banrisul
Ag: 0041
C/C: 03.013014-08
Com nome do inscrito e a oficina escolhida.

Enviar cópia do comprovante do depósito para Seção de Museologia e Educação Ambiental, fax (51) 3336-3306 ou para e-mail: laura-tavares@fzb.rs.gov.br

BioNat Expo - Feira de Sustentabilidade

Quando acontece: De 30 de setembro a 02 de outubro de 2011
Horário: Das 9h às 20h
Onde: Na Usina do Gasômetro em Porto Alegre - RS

*Feira de Orgânicos
*Fitoterápicos
*Plantas Bioativas

*Mostra de Turismo
*Rural e Agroecológico

*Espaço Vida Sustentável
*Arquitetura e Urbanismo

*Oficinas de Educação Ambiental e alimentar
*Encontros de Negócios
*Bionat Cultural - Artes Visuais, Filmes, Vídeos, Oficinas, Painéis e Artesanato.
*Bionat Gourmet - Gastronomia Saudável


Realização:
Produtores sem Fronteiras
www.bionatexpo.com.br info@bionatexpo.com.br Fone: (51) 3228-8692

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Convite: Programa Sustentabilidade na Prática




Esse treinamento vai ajudá-lo a identificar novas oportunidades para o seu negócio. Hoje nenhuma organização prospera sem considerar as oportunidades que surgem a partir das novas demandas da sociedade. Um negócio só é sustentável quando faz uma gestão eficiente dos recursos necessários para sua operação, leva em conta os riscos e a interdependência da cadeia de valor e considera o protagonismo e as boas ideias de funcionários, clientes e parceiros.



Dia: 04/10

Horário: 13h30min às 18h30min

Local: Centro de Eventos do CIEE

Rua Dom Pedro II, 861 - Porto Alegre




Realização: Banco Santander

Parceiria Institucional: CIEE RS

Participem!!
Entrada Franca e Vagas limitadas
Confirmar presença até dia 30/09 no tel: (51) 3284.7122

III Simpósio de Biodiversidade - Inscrições Abertas






"Filosofia da Ciência e a Prática Científica"


De 05 a 08 de dezembro de 2011




O Simpósio de Biodiversidade é um evento nacional, realizado a cada dois anos, que busca esclarecer ao biólogo, ao estudante de ciências biológicas e à sociedade, conceitos relacionados à biodiversidade bem como ressaltar a importância da aplicação desses conceitos para amenizar o processo de degradação ambiental, melhorando a qualidade de vida de todas as espécies. O evento é promovido pelo Programa de Pós Graduação em Biodiversidade Animal e pelo Curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Maria.



Informações: www.ufsm.br/isbio



O pessoal do blog Rastro Selvagem estão vendo a viabilização de um ônibus para levar as pessoas que se interessarem.



terça-feira, 27 de setembro de 2011

Meditem:

Uma emoção intensa é aquela que arrebata;

Uma estrutura densa em seus componentes é a mais forte;

O remédio concentrado é o mais potente;

O tronco mais espesso é o mais resistente;

Uma floresta densa é uma mata concentrada onde vemos grupos de grandes árvores permeados por vegetação intensa e vida abundante em quantidade e diversidade.


Por Henrique Terra

sábado, 24 de setembro de 2011

Para meditar: Desabafo

"Na fila do supermercado o caixa diz a uma senhora idosa que deveria trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos plásticos não eram amigáveis ao meio ambiente." A Senhora pediu desculpas e disse: "Não havia essa onda verde no meu tempo."


O empregado respondeu: "Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha Senhora. Sua geração nao se preocupou o suficiente com o nosso meio ambiente."



"Você está certo", responde a velha senhora. nossa geração não se preocupou adequadamente com o meio ambiente.



Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e de cerveja eram devolvidas à loja. A loja mandava de volta para a fabricada, onde eram lavadas e esterelizadas antes de cada reuso, e eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas outras vezes.


Realmente não nos preocupamos com o meio ambiente no nosso tempo. Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos escritórios. Caminhamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois quarteirões.



Mas você está certo. Nós não nos preocupávamos com o meio ambiente. Até então as fraldas dos bebês eram lavadas porque não haviam fraldas descartáveis. Roupas secas: a secagem era feita por nós mesmos, não nessas máquinas bamboleantes de 220 volts. As energias solar e éolica é que realmente secavam as nossas roupas. Os meninos pequenos usavam as roupas que tinham sido dos seus irmãos mais velhos, e não roupas sempre novas.


Mas é verdade: não havia preocupação com o meio ambiente, naqueles dias. Naquela época tínhamos somente uma TV ou um rádio em casa, e não uma TV em cada quarto. E a Tv tinha uma tela do tamanho de um lenço, não um telão do tamanho de um estádio; que depois será descartada como?


Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia máquinas elétricas, que fazem tudo por nós. Quando embalávamos algo um pouco frágil para o correio, usávamos jornal amassado para protegê-lo, não plástico bolha ou pellets de plástico que duram cinco séculos para começar a degradar.


Naqueles tempos não se usavam um motor a gasolina apenas para cortar a grama, era utilizado um cortador de grama que exigia músculos. O exercício era extraordinário, e não precisava ir a uma academia e usar esteiras que também funcionam a eletricidade.


Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o meio ambiente. Bebíamos diretamente da fonte quando estávamos com sede, em vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora lotam os oceanos. Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de comprar uma outra. Abandonamos as navalhas, ao invés de jogar fora todos os aperelhos "descartáveis" e poluentes só porque a lâmina ficou sem corte.


Na veradade, tivemos uma onda verde naquela época. Naqueles dias, as pessoas tomavam o bonde ou de ônibus e os meninos iam em suas bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um serviço de táxi 24 horas. Tínhamos só uma tomada em cada quarto, e não um quarto de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de aparelhos. E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a pizzaria mais próxima.


Então, não é rizível que a atual geração fale tanto em meio ambiente, mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na minha época?


Ótimo texto, recebi no meu grupo do yahoo sobre biólogos.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

I Simpósio Internacional dos Transtornos Associados à Síndrome do X frágil e V encontro Catarinense do X frágil



22 e 23 de setembro de 2011


Local: Florianópolis e São José/SC

Auditório Antonieta de Barros - Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina - 500 inscrições


Mais informações: www.xfragilsc.blogspot.com


Convidados:

Dra. Randi Hagerman (USA)

Doutora especialista, 20 anos de experiência na área de doenças do desenvolvimento neurológico, autismo, síndrome do X Frágil.


Dra. Flora Tassone (USA)

Bioquimica, PHD, pesquisadora titular do Departamento de Bioquimica e Medicina Molecular.


Dr. Raul Ruggia (Uruguai)

Neuropediatra do Hospital Italiano-Uruguai.


Dr. Jorge Humberto Barbato Filho (SC)

Medico graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neuropediatra pelo Hospital de Clinicas da Universidade de La Republica de Montivideo-UR.


e mais... confira!


8º Jardinação no Jardim Botânico



Dia: 11 de setembro de 2011



O Jardim Botânico de Porto Alegre promove uma série de atividades relacionadas à preservação do meio ambiente. São cursos, mostras e oficinas.




Vamooooooos, eu vou!




sábado, 27 de agosto de 2011

PRÊMIO SANTANDER UNIVERSIDADES 2011

TEMA: Ciência e Inovação


Voltado para pesquisadores com título de doutor e docentes, esta iniciativa do Santander Universidades visa estimular a produção da pesquisa científica, de caráter inovador, e reconhecer e incentivar pesquisadores que, além de educar, contribuem com a inovação do nosso ensino.


Categorias:

-Indústria

-Tecnologia da Informação, da Comunicação e Educação

-Saúde

-Biotecnologia


*Inscrições até 13 de setembro



quarta-feira, 24 de agosto de 2011

PROGRAMA VOLUNTARIADO




Voluntário pela Natureza!

O Programa de Voluntariado nas Unidades de Conservação é uma iniciativa que objetiva promover uma experiência única de vida e trabalho em contato com a natureza preservada, à qual permite ao indivíduo voluntário a possibilidade de refletir e adquirir consciência de que a atitude humana em prol da conservação da natureza é o que fará a grande diferença nesse universo cheio de paradoxos, quando a terra nos dá sinais de alerta e o homem vive o grande desafio de coexistir em harmonia com todos os outros seres vivos. Ser voluntário é uma atitude responsável que pressupõe comprometimento e dedicação. Seja um voluntário pela Natureza! A vida agradece.





O programa oferece transporte aos voluntários bem como alojamento e alimentação, no período em que estiverem atuando. Ao final da atuação do voluntário o Programa oferece um certificado.


Mais informações:


Telefone: (63)3218-2660 / 2678


E-mail: voluntario@naturatins.to.gov.br


Site: www.areasprotegidas.to.gov.br


domingo, 21 de agosto de 2011

Mestrado em Biodiversidade Vegetal

Do Instituto de Ciências Biológicas - GO




O Curso disponibiliza 23 vagas e interessados podem se inscrever de 5 a 25 de agosto de 2011.





O Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Vegetal, nível mestrado, do Instituto de Ciências Biológicas (ICB-UFG), está com inscrições abertas. Os interessados poderão realizar as inscrições estipulado acima, na Secretaria de Pós-Graduação do ICB (9h às 12h e de 14h às 16h30min), localizada no prédio do ICB 4, segundo andar, Campus Samambaia.


Público Alvo: Graduados em Ciências Biológicas, Farmácia, Agronomia e áreas afins. O programa conta com 3 linhas de pesquisa:


BOTÂNICA ESTRUTURA - Abrange a pesquisa sobre a morfologia (externa e interna), sistemática, florística, inventários de plantas, algas e cianobactérias, e fitossociologia.


BOTÂNICA FUNCIONAL - Compreende os estudos sobre o desenvolvimento e as estratégias adaptativas das plantas e de outros organismos fotossintetizantes do Cerrado. Envolve também a reprodução de plantas (biologia e sistemas reprodutivos) e a diversidade funcional.


INTERAÇÕES PLANTA MICRO-ORGANISMOS E APLICAÇÕES - Inclui os estudos que abrangem as interações entre plantas e microorganismos, e a atividade biológica dos metabólicos vegetais.


Mais informações: www.icb.ufg.br


Limpa Brasil - Let's do it!



Movimento Internacional que prega o recolhimento voluntário de lixo em prol do Meio Ambiente terá ponto de entrega no campus II da UFG.




O Limpa Brasil é a participação brasileira no movimento Let's do it, movimento mundial pela limpeza das cidades feita por trabalhadores voluntários. O Let's do it foi iniciado na Estônia, pequeno país Europeu, em 2008. Lá, num prazo de 5 horas, 50 mil voluntários recolheram cerca de 10 mil toneladas de lixo que estavam nas ruas ou em áreas verdes, praticamente livrando o país desse problema, por um custo muito inferior ao que o governo teria ao fazer o mesmo.

Um das cidades brasileiras escolhida para iniciar o projeto foi Goiânia, onde mais de 1600 toneladas de lixo são produzidos por dia, lixo esse que, como bem sabem os moradores, nem sempre tem a destinação correta. O mutirão de limpeza ocorrerá nos dias 26 e 27 de agosto, em toda a cidade. Quem desejar sem voluntário pode se cadastrar no site: www.limpabrasil.com



As entregas poderão ser feitas das 9h até as 17hs.



Mais informações em www.ufg.br

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

VERDES DEBATES Rio + 20

Quando: dia 30/08
Local: Auditório do Jardim Botânico de Porto Alegre (Av. Salvador França, 1427)
Horário: À partir das 14hs


Verdes Debates pauta a discussão da preservação do Planeta.
Com a presença de técnicos, especialistas e a comunidade, considerando as realidades global, nacional e regional. Representantes da FIERGS, APEDEMA, FARSUL e FAMURS terão oportunidade de apresentar suas experiências relativas ao tema.

Promoção:
Fundação Zoobotânica do Estado do Rio Grande do Sul - Coordenadoria de Educação Ambiental

Oportunidade para Biólogos ou Estudantes de Biologia

Objetivo: Ajudar na captura e marcação de pequenos mamíferos no Rio Grande do Sul, que fazem parte do projeto de doutorado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Avaliar a interação entre a Araucária e os pequenos mamíferos (roedores e marsupiais).


Local: A Pesquisa está sendo realizada na Floresta Nacional (FLONA) de São Francisco de Paula, na serra Gaúcha, desde 2009.


Quando: O campo será de 30 de agosto a 12 de setembro de 2011. Todas as despesas dentro do Rio Grande do Sul serão pagas, incluindo transporte de Porto Alegre, hospedagem na FLONA e alimentação. Os ajudantes receberão certificado de participação no projeto do Laboratório de Vertebrados - UFRJ.


O projeto tem financiamento da Fundação O Boticário e da Rufford Small Grants. Mais informações sobre a área de estudo e sobre o projeto pode ser encontradas nos sites http://www.florestanacional.com.br/ e http://www.ruffordsmallgrants.org/rsg/projects/jayme_prevedello ou entrar em contato:


C/ Jayme A. Prevedello


Tel: (21) 3281-3490 / 9119-7935


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

7ª Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente



Promovida em conjunto pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler (Fepam) e Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (FZB/RS).



Quando? De 23 a 26 de agosto
Onde? No Jardim Botânicode Porto Alegre - Rua Dr. Salvador França, 1427

Com o objetivo de valorizar a Iniciação Científica nas atividades de pesquisa e promover a divulgação dos trabalhos realizados nas instituições de pesquisa e ensino do Estado. Além disso, visa estimular o acompanhamento e a avaliação dos trabalhos, especialmente dos bolsistas da FAPERGS e do CNPq e também oportunizar a integração e a troca de informações entre as instituições e os bolsistas de Iniciação Científica.

Informações: Secretaria Geral - FEPAM
(51) 3334-6765
(51) 3334-4583
E-mail? jornada@fepam.rs.gov.br
Site? www.fepam.rs.gov.br

FZBRS - Info
(51) 3336-3306
jornada@fzb.rs.gov.br
www.fzb.rs.gov.br



terça-feira, 16 de agosto de 2011

Curso de Mini Hortos em Pequenos Espaços





Oferecimento: AFLORI, UFRGS e a Fundação Zoobotância de Porto Alegre



Objetivos: Propiciar aos participantes o conhecimento de técnicas de cultivo em pequenos espaços e também em vasos.


Público Alvo: Estudante de Biologia, Agronomia, Produtores de Mudas e público interessado


Data: 17 de setembro de 2011

Horário: 8h as 12h e das 13h30min até as 17h.

Carga Horária: 7h30min

Local: Jardim Botânico - Av. Salvador França, 1427 - Bairro Jardim Botânico - POA

Investimento: R$40,00 Para associados AFLORI, Entreflores e Estudantes

R$60,00 Demais interessados

Informações: aflori@aflori.com.br

(51) 3028-5415

OPORTUNIDADE PARA PESQUISA






Oferta: 1 Bolsa para pesquisa com Aves Marinhas no Laboratório de Aves Aquáticas - FURG - Rio Grande.



A Bolsa é do CNPq DTI3 (R$1.045,00) entre setembro e dezembro de 2011 - Com possibilidade de prorrogação.




Disponível:

-Equipamento para trabalho no mar e em terra;

-Treinamento prévio.



Atividades

-Identificação e contagem de aves no mar, coleta de dados abióticos;

-Organização de um banco de dados e elaboração de relatórios;



Requisitos:

-Graduado em Ciências Biológicas, Oceanologia, Ecologia ou áreas afins;

-Disponibilidade para embarques frequentes, de curta duração, em navio oceanográfico e de pesca;

-Residir em Rio Grande, RS

-Facilidade de trabalhar em equipe e em campo, sob condições adversas;

-Possibilidade de realização de pós-graduação (mestrado e/ou doutorado) e participação em publicações científicas.



Interessados enviar currículo ou link de CV Lattes para Prof. Leandro Bugoni (lbugoni@yahoo.com.br)

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Filmes para assistir no Final de Semana

Humm.. hoje é sexta-feira, fim de semana chegou... e pra você que ainda está sem programação, ms, quer passar algumas horas estudando sobre o meio ambiente, que tal não sair do seu foco e fazer uma coisa divertida? É, isso mesmo. Assistir a um bom filme que fale sobre o MEIO AMBIENTE.

Segue abaixo algumas dicas e um site muitoooo bom, pelo qual tu poderá assistir.


UMA VERDADE INCOVENIENTE (An Inconvenient Truth) ->> Trata-se de um documentário feito em 2006 sobre mudanças climáticas, mais especificamente sobre o aquecimento global, dirigido por Davis Guggenheim e estrelado pelo ex-vice-presidente dos EUA Al Gore.
Link: http://filmesparaciencias.webnode.com.br/meio-ambiente/uma-verdade-incoveniente/

Com legenda.

AVATAR - Filme épico americano de ficção científica de 2009, escrito e dirigido por James Cameron e estrelado por San Worthington, Zöe Saldaña, Michelle Rodriguez, Sigourney Weaver e Stephen Lang.
Link: http://filmesparaciencias.webnode.com.br/meio-ambiente/avatar/
Gostei muito desse. Para quem gosta de ficção científica é mto bom.


O DIA DEPOIS DE AMANHÃ (The day after tomorrow) - Filme estadunidense de 2004, do gênero ficção científica apocalíptico e pós-apocalíptico, dirigido por Roland Emmerich. Retrata os efeitos catastróficos do aquecimento global e do esfriamento global.
LINK: http://filmesparaciencias.webdone.com.br/meio-ambiente/o%20dia%20depois%20de%20amanh%c3%a3/
Não gosto muito desse filme, mas, é uma opinião particular. Já o assisti tantas vezes... mas, tem algo nele que eu não concordo muito, só não descobri o que é ainda.


A ÚLTIMA HORA - O planeta terra está em perigo. Com a industrialização e o aumento das corporações, a população está cada dia maior e os governos não tomas as medidas corretas para preservar o meio ambiente. Desta forma cientistas, designers, historiadores e pensadores tentam explicar o que ainda pode ser feito. O documentário é dirigido e produzido pelo ator Leonardo DiCaprio e conta com mais de 70 depoimentos de pesquisadores.
LINK: http://filmesparaciencias.webdone.com.br/meio-ambiente/a-ultima-hora/


KOYAANISQATSI - Também conhecido como Life Out of Balance é um filme documentário de 1982 dirigido por Godfrey Reggio com música de Philip Glass e cinematografia de Ron Fricke. Não contém nenhum diálogo ou narração. São apenas imagens.
LINK: http://filmesparaciencias.webdone.com.br/meio-ambiente/koyaanisqatsi
Não conheço e é bastante antigo.


TERRÁQUEOS (Earthlings) - É um documentário estadunidense de 2005, escrito, produzido e dirigido por Shaun Monson e co-produzido por Persia White. É narrado pelo ator e ativista dos direitos dos animais Joaquim Phoenix, que também é vegano e membro da PETA, maior organização de defesa dos direitos animais no mundo.
LINK: http://filmesparaciencias.webdone.com.br/meio-ambiente/terraquios/
Não conheço também.


SYRIANA - A INDÚSTRIA DO PETRÓLEO - Syriana é um thriller político que estreou nos cinemas brasileiros em fevereiro de 2006. O filme é um estudo um tanto confuso sobre a corrupção na área de produção petrolífera.
LINK: http://filmesparaciencias.webdone.com.br/meio-ambiente/syriana/

Bom proveito!!!! Divirtam-se.
O blog Rastro Selvagem fez um excelente vídeo intitulado "Sementes". Gostei muito e acredito que este tipo de sementes deve ser dispersado, a fim de algum dia, quem sabe, essa semente germinar e trazer bons frutos.



#FAÇA #SUA #PARTE - Disperse a sua semente. Não perca a esperança...





Blog Rastro Selvagem: rastroselvagem.blogspot.com

Exposição: "CAAPÃO DAS CANOAS: Aves, Flora e Fauna Associada."


É com um orgulho imenso no coração que convido todos vocês para a exposição Caapão das Canoas: Aves, Flora e Fauna associada. A se realizar, claro, no Unilasalle Canoas, minha faculdade (que amo muito).

A exposição ocorre em parceria com a Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, através do Museu de Ciências Naturais.

Quando? Dia 01/09/2011
Horário: 17h
Local: Sala de Exposições Prof. Dr. José Willibaldo Thomé
Endereço: R. Dr. Salvador França, 1427 - Jardim Botânico - Porto Alegre/RS

É claro que eu não irei perder...!!! Espero vocês por lá.






Biologia Animada!


Oi Pessoal, andei meio sumida né?!
É verdade... ms, não tá morto quem peleia..!

Tive conhecimento de um blog chamado BIOLOGIA ANIMADA. Muito, muito bom! Adorei e claro, não deixaria de passar pra vocês. Espero que também gostem, afinal, biologia é uma coisa muito gostosa de se estudar e porque não deixá-la ainda mais interessante. Professores... este é um ótimo método de ensino.




A ciência que a gente vê no cinema from Comunicação Comunitária on Vimeo.




Vídeo sobre a imagem da ciência e do Cientista no cinema. Feito a partir de um mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências da UNB pela professora Ana Constância Faria do CE414 da Samambaia.

Blog: biologiaanimada.blogspot.com

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Vaga de trabalho na TNC - Programa da Amazônia

O contrato ficará baseado no escritório de Belém-PA.

Busca-se um profissional para atuar como Analista Assistente de Agronegócio e as principais funções do contrato serão: apoiar definição de uma linha de base da produção responsável de soja e carne e apoiar a construção de um sistema de monitoramento dessa produção como indicador de progresso do projeto.

QUALIFICAÇÕES BÁSICAS:

-Formação superior em Biologia, Ciências Agrárias, Engenharia Florestal ou áreas afins;
-Experiência prévia e/ou conhecimento do setor de agronegócios brasileiro, especialmente pecuária e agricultura de larga escala (commodities);
-Fluência oral e verbal em português;
-Experiência comprovada na utilização de softwares SIG (ArcGIS 9.3 ou 10), no gerenciamento de informações e bancos de dados cartográficos e na elaboração de mapas de uso do solo e da vegetação;
-Experiência no uso de base de dados a partir de informções de diversas fontes e na preparação de relatórios;

...

Os currículos devem ser enviados até 15/07/2011 para: dteston@tnc.org com o título de Analista Assistente.